O que é Design Thinking e como aproveitá-lo nas estratégias de Marketing Digital?

Você sabe o que é Design Thinking? É possível que não saiba, já que esse é um conceito relativamente novo no Brasil. O termo geralmente vem associado à inovação, sendo visto como um caminho para gerar soluções criativas.

Essa abordagem é cada dia mais aplicada pelas mais diversas áreas e, justamente por esse motivo, vamos lhe explicar o que é Design Thinking e como aplica-lo para aprimorar suas estratégias de Marketing Digital.

Está preparado para aprender esse conteúdo e ampliar seus conhecimentos? Acompanhe!

O que é Design Thinking?

o que é design thinking

Quando se utiliza a palavra “design”, ela normalmente é associada ao desenvolvimento de conceitos visuais, marcas, embalagens, produtos e ambientes. Ainda que a tradução literal do termo signifique “pensamento de design”, a abordagem vai além disso.

O termo ultrapassa um conceito estético e passa a ser considerado uma forma de resolver desafios de maneira colaborativa. O objetivo é que todos sejam beneficiados pela maneira como designers pensam, criando e desenvolvendo soluções inovadoras e criativas em projetos de qualquer área.

O especialista no assunto, Charles Burnette, define Design Thinking como um processo de pensamento crítico e criativo que permite que as informações e ideias sejam organizadas, de forma a facilitar a tomada de decisões, para que se aprimorem soluções e se adquira conhecimento.

Como é realizado o Design Thinking?

pilares do design thinking

O Design Thinking é resultado de três pilares principais: viabilidade, possibilidades e desejo.

  • Viabilidade: avalia-se se a solução é financeiramente viável, ou seja, se ela é capaz de gerar um modelo sustentável de negócio.
  • Possibilidades: refere-se à viabilidade técnica do projeto considerando o prazo, avaliando a possibilidade tecnológica de se executar o que está sendo pensado.
  • Desejo: esse é o grande diferencial do Design Thinking. Ao utilizar design em um projeto, todo o trabalho passa a ser orientado por grupos que incluem clientes, stakeholders, usuários, colaboradores e outros.

Isso quer dizer que, ao pensar como um designer, você se coloca no lugar do cliente ou do consumidor final. Para isso é preciso compreender as verdadeiras necessidades e expectativas, fazendo com que o negócio seja mais humano.

Isso mostra o porquê o Design Thinking é uma tendência: com o cliente em foco, as soluções geradas agregam muito mais valor a ele. Além disso, ao incluir o beneficiário ao longo de todo o processo poupa tempo, energia e retrabalho, resultando em soluções eficientes e eficazes.

O Design Thinking é uma metodologia colaborativa, que faz com que seja necessário se trabalhar em grupo. É esse olhar de várias pessoas que permite que se veja o problema por diversos pontos de vista e, por consequência, se gerem mais ideias que podem resolver o problema proposto.

O ideal é que sejam formados grupos de 5 a 7 pessoas. Entretanto, mais importante do que a quantidade de pessoas, é a qualidade dos membros do grupo. Escolha pessoas-chave que poderão contribuir com informações e experiências para que se tenha um projeto de sucesso.

Como aproveitar o Design Thinking nas estratégias de Marketing Digital?

o que é design thinking e como aplicar no marketing digital

Agora que você já entendeu o que é Design Thinking e compreendeu sua essência, vamos mostrar como utilizar essa abordagem no Marketing Digital.

Inbound Marketing

Os princípios do Design Thinking podem ser aplicados e favorecer os mais diferentes tipos de empresas e áreas do negócio. Nesse meio, está o Inbound Marketing. Se você não sabe o que é Inbound Marketing, não deixe de baixar o nosso e-book exclusivo sobre o tema (é gratuito!)!

Confira alguns exemplos de como usar as ferramentas de Design Thinking na sua estratégia de Inbound Marketing:

  • Empatia: É importante se colocar no lugar do seu público. Para isso, quando criar um conteúdo para o seu blog, faça uma pesquisa de palavras-chave para saber o que os usuários procuram e querem saber. Isso será bom para o público, que encontrará as respostas que busca, e para o seu site, que receberá mais tráfego orgânico.
  • Interatividade: Que tal possibilitar mais formas de interação do público com sua empresa? Crie uma “caixa de sugestões” online para sua audiência. Um simples ícone no canto inferior do seu site é um convite ao aprimoramento constante e estimula o método visual que envolve os clientes.
  • Pensamento integrativo: Tenha equipes multidisciplinares que venham dos mais diferentes backgrounds para dar um novo ar à sua empresa. Que tal ter um espaço no qual todos os colaboradores podem sugerir temas para trabalhar o Marketing de Conteúdo? Inclua mais pessoas no processo criativo!
  • Faça testes: uma das grandes premissas do Design Thinking é utilizar protótipos para testar e refinar as ideias, poupando-se tempo e recursos para descobrir aquilo que não funciona. Isso também pode (e deve!) ser aplicado aos conteúdos que você desenvolve. Escreva textos curtos, médios e longos no seu blog, com diferentes abordagens, e analise quais agregam mais valor e são mais interessantes para a sua persona.

Definição da Persona

O processo também pode ser usado na definição da persona do seu negócio.

Para isso, escolha pessoas da sua equipe que possam agregar conhecimento e que tenham funções que lidam diretamente com os clientes, já que eles podem agregar sugestões interessantes a partir de suas experiências. Essa escolha pode envolver pessoas de social media, designers, atendentes, SAC, recepcionista, analista de marketing, pessoa da alta gerência… Lembre-se que equipes multidisciplinares são importantes!

Não deixe de utilizar a técnica conhecida como o “mapa da empatia”, que estimula que os integrantes do grupo definam o que a persona:

  • Pensa e sente?
  • Ouve?
  • Vê?
  • Fala e faz?

Por fim, é importante que aqueles que estejam participando do Design Thinking definam quais são as dores e necessidades da persona.

Faça uma imersão desse grupo, permita que estes analisem e estudem o problema e proponham as soluções para que se defina a persona do negócio, que acompanhará todas as demais estratégias de Marketing Digital.

Conseguiu compreender o que é Design Thinking? Ele é muito mais do que um método ou ferramenta de gestão como as demais: é uma nova forma de encarar projetos e possibilidades.

Se você já aplicou o Design Thinking em alguma área da sua empresa, nos conta como foi!

Bruno Gomes Dias

Bruno Gomes Dias

Criador do blog Dose de Marketing, ajuda Pequenas e Médias Empresas a utilizarem o Marketing Digital da forma correta para gerar negócios por meio da internet.

Ler mais